Por Equipe Terraz

 

A 20 minutos da capital catarinense, o município de Palhoça cresce em todos os aspectos, mas o populacional é um dos que mais se destaca. Segundo o estudo Estimativas da População Brasileira, divulgado em agosto de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Palhoça é a cidade da Grande Florianópolis que mais recebeu novos moradores em comparação ao ano anterior, com um aumento de 2,02%. A capital, por exemplo, teve incremento de 1,56% de 2019 para 2020. Sendo assim, a população estimada de Palhoça chegou a 175.272 habitantes.

Mas o que está levando cada vez mais pessoas a morar em Palhoça? Vamos mostrar agora alguns dos motivos que estão fazendo com que a população do município cresça mais a cada ano.

 

Localização

Praticamente colada com Florianópolis, Palhoça é uma opção certeira para quem deseja morar sem ter as mesmas despesas da capital, que geralmente são mais pesadas, e estar próximo da maioria dos serviços e recursos que a principal cidade do estado oferece.

Além disso, por ser cortada pela BR-101, Palhoça tem acesso a outros grandes centros, está próxima de outras cidades como São José, Santo Amaro da Imperatriz e Paulo Lopes, é passagem de milhares de turistas todos os anos e de boa parte da carga que transita pela orla litorânea entre o Rio Grande do Sul e o restante do país. Destaca-se cada vez mais entre os municípios que integram a região metropolitana da Grande Florianópolis.

 

Desenvolvimento

O crescimento de Palhoça é visível. Nos últimos anos o município recebeu centenas de novos empreendimentos, em todas as áreas, mas tornou-se polo, especialmente, na área tecnológica, industrial e de comércio. Empresas de todos os segmentos, incluindo renomadas marcas nacionais, universidades, shoppings e grandes lojas escolheram Palhoça.

O que também não falta no município são obras. Por toda parte, há construções comerciais e residenciais. Cada novo projeto que se instala na cidade constrói também novas oportunidades de emprego, de renda, de economia, de melhoria de infraestrutura, de serviços e de qualidade de vida.

 

Qualidade de Vida

A longevidade da população de Palhoça, mais a renda e a qualidade na educação garantem a Palhoça um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), de 0,757 segundo o IBGE. O PIB per capita também é elevado, R$ 32.626,34.

 

Educação

A qualidade de vida dos moradores de Palhoça passa também pela educação. O município tem 56 escolas de ensino fundamental e 17 de ensino médio. A taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade é de 97,6%. O município reúne ainda sete universidades: Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL); Faculdade de Desenvolvimento de Santa Catarina (FADESC); Faculdade de Tecnologia Nova Palhoça (FATENP); Universidade Castelo Branco; Faculdade Municipal de Palhoça (FMP); Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC); e Serviço de Aprendizagem para o Comércio (SENAC).

 

Comércio

O comércio de Palhoça é amplo e diversificado e inclui lojas de todos os gêneros, shoppings como o Via Catarina e centros comerciais. Nos últimos anos a cidade recebeu também a instalação de grandes lojas de varejo e, especialmente, atacado. Alguns destaques são Fort Atacadista e Brasil Atacadista. O local é o endereço ainda de diversos centros de distribuição.

 

Belezas naturais e lazer

Cada verão que passa, as belezas naturais localizadas em Palhoça ganham mais evidência e mais visitantes. Estão no município alguns dos points mais conhecidos do litoral catarinense como a Guarda do Embaú, região de beleza ímpar que reúne milhares de turistas todos os anos, especialmente, os que gostam de flutuar nas ondas. A Guarda do Embaú é considerada Reserva Mundial do Surfe.

Além da famosa Guarda, outra praia bastante disputada é a Ponta do Papagaio. O verde cristalino da água e o formato da orla formam um dos balneários mais belos de Santa Catarina. Outro refúgio que se localiza no município é a Praia do Sonho, perfeita para quem busca sossego em meio à natureza. Com águas limpas e tranquilas, extensa faixa de areia, de fácil acesso, é um recanto que ainda pode ser desfrutado sem grande agito.

Outro paraíso conservado e que tem parte de sua área em Palhoça é o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. A Unidade de Conservação que ocupa cerca de 1% do território catarinense e abrange oito municípios reservou para os palhocenses e visitantes algumas de suas mais procuradas atrações, como a trilha do Morro do Cambirela. Com mais de 1.000 metros de altitude, o percurso recompensa os trilheiros ao oferecer uma das vistas mais sensacionais da Grande Florianópolis.

Outra trilha que vale cada passo é a do Vale da Utopia. O trajeto que pode começar na Praia da Pinheira ou na Guarda do Embaú, mais longa, é cheia de surpresas e tem como destino um cenário paradisíaco com uma prainha escondida bastante reservada, envolvida em pedras, e de beleza sem igual. Outra trilha que conquista cada vez mais adeptos é a do Morro da Pedra Branca. Com 490 metros de altitude, localizado na divisa das cidades de São José e Palhoça, recebe diversos aventureiros que ao chegarem no topo deparam-se com uma vista exuberante.

 

Alguns bairros

Não há como falar de Palhoça e não citar a Pedra Branca. O bairro totalmente planejado é, sem dúvidas, uma das melhores opções para quem deseja morar e ter qualidade de vida. Quem reside na região tem a poucos metros de casa várias opções de serviços e comércio.

Tendo como pontapé inicial o campus da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), a Pedra Branca cresceu rapidamente e tornou-se um dos locais que mais atrai novos moradores. Com segurança, ótima localização, diversas opções de lazer e educação, o bairro diferencia-se pela tranquilidade, tão rara em um município que pertence à região metropolitana.

Atualmente a Cidade Criativa Pedra Branca possui 12 mil moradores, 8 mil trabalhadores e 7 mil estudantes, além de milhares de pessoas que visitam o local todos os dias, atraídos pelos parques, praças, lagos e por todos os serviços diferenciados e de qualidade que o bairro oferece.

Outros bairros que se destacam são o Pagani, onde estão localizados o shopping Via Catarina, a sede da Prefeitura de Palhoça, além de uma extensa variedade de lojas; o Passa Vinte que se tornou um dos mais procurados devido, principalmente, à proximidade do Centro Industrial de São José; o Ponte do Imaruim, que fica perto da divisa de Palhoça e São José, também chamado de capital de Palhoça pela grande quantidade de comércios e lazer que abriga; e o Centro que, como toda área principal de qualquer cidade, reúne a maior parte da infraestrutura de serviços, entre órgãos públicos e privados, escolas, farmácias, unidades de saúde, bancos, lotéricas, lojas diversas, postos de gasolina, restaurantes, supermercados, entre outros. O Centro também conserva parte da história do município e da cultura do município.

 

Ficou interessado ou está pensando em morar em Palhoça? A Terraz possui diversos imóveis na cidade para atender todas as suas necessidades e desejos. Entre agora mesmo no site– selecione o município de Palhoça e confira todos os imóveis disponíveis. Um deles pode ser seu!