Como é morar com amigos: vantagens e desvantagens

Sair da casa dos pais é uma grande conquista para muita gente. E quando a mudança é para morar com os amigos, pode ser melhor ainda. Mas, será mesmo? Para que essa decisão não se torne complicada no dia a dia e acabe comprometendo a amizade, é interessante conhecer os prós e contras ao dividir imóvel com amigos. 

Para te ajudar a escolher com sabedoria, selecionamos várias dicas que são essenciais para manter a harmonia do lar. É claro que ao dividir o espaço você compartilha também as despesas, o que é excelente para o bolso. Mas, se o grupo não se organizar direito, a convivência pode custar bastante, inclusive a própria amizade.

Então leia abaixo todas as nossas dicas e garanta que a experiência irá reforçar ainda mais os laços da amizade. 

Vantagens de morar com os amigos 

Se quando vocês passam tempo juntos se divertem, imagina então morando na mesma casa? Como tudo costuma ser divertido, vamos começar com as vantagens de morar com os amigos.

  • Ter sempre companhia: pensa ter o seu amigo sempre por perto para dividir os momentos mais corriqueiros da vida como tomar café da manhã, preparar as refeições, assistir a filmes e séries, jogar videogame, conversar, enfim… Bom demais! Esse é um dos benefícios em dividir apartamento ou casa com amigos, já que você terá a  companhia de uma pessoa que você gosta e confia.
  • Dividir as despesas: além de gostar muito do seu amigo, é bem provável que um dos principais fatores que você vai considerar para fazer essa parceria é a economia. Ao dividir um apartamento você divide também todas as despesas de acordo com o número de pessoas que mora no local, o que possibilita que vocês residam em um espaço melhor, sem que cada um gaste tanto. Mas esse também pode ser um quesito que gera conflitos, por isso é fundamental que todos cumpram com suas obrigações.
  • Divisão das tarefas domésticas: se todos seguirem o que for acordado, essa pode ser uma vantagem daquelas. Afinal, não será só você responsável por limpar a casa. Com organização, regras claras e respeito entre todos, o local estará sempre em ordem, sem que os afazeres domésticos sobrecarreguem um ou outro. Mas, assim como as despesas, esta vantagem pode virar um problema se algum dos moradores não colaborar como deve.
  • Aprendizados: assim como em toda experiência, morar com os amigos também pode render muitos aprendizados e amadurecimento. Dividir imóvel, no dia a dia, é bastante desafiador. 

Com amigos então, apesar de parecer que será só alegria, pode ser ainda mais complexo porque a intimidade, por vezes, ultrapassa alguns limites.

Para que isso não aconteça, estabeleçam regras que nortearão a convivência. Senão um dos principais aprendizados que você terá que desenvolver será a paciência.

Desvantagens de morar com os amigos 

Como nem tudo são flores, ir morar com os amigos tem alguns detalhes que podem azedar a amizade. 

Para não correr esse risco, leia atentamente e saiba o que você deve fazer para que esses fatores não afetem a relação e a convivência.

  • Gastos: se você está saindo da casa dos pais para ir morar com os amigos, apesar de economizar ao dividir, ainda assim é provável que tenha mais gastos do que anteriormente. Lembre-se que a despesa não será apenas com aluguel, mas também condomínio, luz, água, internet, além de alimentação, produtos de higiene, deslocamento e tantos outros gastos que surgem no dia a dia e que agora será você o responsável por pagar. Faça as contas e, mesmo ao dividir, tenha certeza que vai dar conta de tudo.
  • Privacidade: se você acha que morando com os pais não tem privacidade, prepare-se porque ao dividir casa com quem quer que seja isso não muda muito. Ainda assim terão outras pessoas em casa e você não estará totalmente livre para fazer o que quiser. Ao contrário, ao compartilhar moradia uma das obrigações é respeitar o outro. Mais uma vez, destacamos a importância de criar regras para que ninguém passe dos limites e acabe comprometendo a amizade.
  • Bagunça: cada um tem um jeito e ao sair da casa dos pais é até normal que cada pessoa reaja de uma forma. Alguns serão bastante cuidadosos com a limpeza do ambiente. Já outros nem vão ligar para isso. Mas, se você for morar com os amigos, saiba que não tem como fugir dessa tarefa. Mesmo que você não se preocupe, se esforce para manter tudo arrumado. A desordem pode tornar a casa um caos e bagunçar a amizade também.
  • Visitas: esse é outro ponto que gera conflitos. Chegar em casa e dar de cara com alguém que não mora com vocês nem sempre pode ser agradável. Dialoguem muito, definam as regras com relação a visitas e ao levar qualquer convidado comunique seu amigo com antecedência. Até porque ele pode ter algum compromisso e uma pessoa a mais na casa pode atrapalhar. Faça uso do bom senso e coloque-se no lugar do outro.
  • Atritos: com o passar do tempo, assim como acontece ao morar com familiares, você vai perceber que nem tudo é comum entre vocês, que alguns gostos, manias e princípios não são os mesmos e várias situações do dia a dia podem virar atritos. É normal. 

O importante é não deixar que isso se torne maior. Por mais que em algum momento vocês se desentendam, tente sempre manter a calma e o diálogo. Conversem sobre tudo e busquem manter a tranquilidade, a harmonia e a amizade.

Se você quiser conhecer ainda mais dicas que fazem toda a diferença ao dividir um imóvel, acesse agora o conteúdo Dica de imóvel ideal para dividir.

E se você e seus amigos estão decididos a morar juntos, a Terraz Aluguel Digital pode ajudá-los a encontrar o imóvel ideal. Acesse o site e alugue de forma fácil, rápida, segura, sem fiador, mas com os amigos, na Grande Florianópolis e região.