Plantas de sombra: quais as espécies mais indicadas para dentro do apartamento ou casa

Sabemos todos os benefícios que ter uma planta em casa traz. As plantas regulam a temperatura e trazem uma sensação de bem-estar para qualquer ambiente.

Se você mora em um apartamento e gostaria de ter uma ou várias plantas, você pode estar se perguntando: quais espécies são mais fáceis de cuidar?

Uma boa dica é escolher espécies de sombra, que não precisam de muito sol nem rega constante, nem exigem uma área externa. Quer saber mais sobre os principais cuidados com essas espécies e conferir a nossa seleção?

Então nos acompanhe!

Cuidados com as plantas de sombra

A primeira dica para essas espécies é: não deixe os vasos em locais que recebem luz direta, como próximo de janelas.

Busque sempre posicioná-las próximas a locais onde há sombra, sem o risco de tornar-se muito quente ou seco.

Essas plantas costumam ter um armazenamento próprio de água, então pegue leve. 

Uma boa dica é sempre tocar o solo e somente fazer a rega quando estiver seco. Geralmente elas precisam de água somente uma ou duas vezes por semana. 

Porém, é preciso ter cuidado para que a umidade chegue às raízes sem encharcar o solo. Há uma série de opções, desde folhagens, espécies mais floridas ou as pendentes, que vão bem em qualquer cômodo.

Fique de olho também no tempo de ar-condicionado ligado. Não coloque a sua planta em áreas de contato com o ar refrigerado, pois elas podem sofrer queimaduras e ressecar. 

Das plantas que trouxemos neste post, algumas são consideradas tóxicas para pets e podem fazer mal caso ingeridas ou entrarem em contato com alguma mucosa. São elas: costela de adão, avenca, jibóia, samambaia, comigo-ninguém-pode, begônia e lírio da paz. 

Fique atento/a a esse ponto!

Confira a seguir a seleção que a Terraz Aluguel Digital fez para você de plantas de sombra com e sem flores. 

Camedorea-elegante

Essa é uma planta bonita e super fácil de cuidar. Você deve mantê-la livre do vento e da luz direta do sol, para que suas folhas permaneçam verdes e radiantes.

É uma espécie que gosta da umidade e deve ser regada com mais frequência, especialmente se você notar que as folhas estão amareladas ou secas. 

Costela de adão

Essa é outra espécie clássica, presente em muitos lares brasileiros e fácil de cuidar. O solo deve estar sempre úmido.

Uma dica para fazer com que ela cresça forte e saudável é adotar um vaso com um bom tamanho, para que ela possa crescer com bastante espaço.

Avenca

A avenca é outra espécie que adora uma sombra e precisa de umidade. Precisa de regas mais intensas no verão. 

A avenca é perfeita para um cantinho na sacada, algum espaço da sua casa que não receba muita luz, mas precisa de um pouco de vida. 

Jiboia

A jibóia é uma espécie exótica e suas folhas mesclam verde, branco e o cinza. 

Essa espécie está acostumada a viver em florestas e não exige muitos cuidados. Pode ser criada no apartamento ou em casa, desde que não receba luz direta. 

Sua principal necessidade é um solo organicamente rico. O charme da jibóia são seus galhos que ficam pendentes e podem alcançar até um metro. Por esse motivo, ficam ótimas sobre algum móvel ou prateleira. 

Quer dar uma cara diferente para a sua sala ou quarto? Que tal montar a sua própria prateleira? 

Confira no conteúdo #DoItYoutself: como instalar prateleiras e ganhar espaço em casa

Samambaia

Presente em muitos lares brasileiros, a samambaia é típica de florestas tropicais. 

Trata-se de uma espécie que não gosta de luz direta e também prefere ambientes úmidos. Por isso, se você gosta de manter o ar-condicionado ligado durante o dia, o melhor é deixá-la em alguma área externa. 

O solo também deve estar sempre úmido.

Comigo-ninguém-pode

A comigo-ninguém-pode é outra espécie presente em muitas casas brasileiras.

É conhecida pela crença de que atrai mais sorte e prosperidade para a casa. A espécie deve ser cultivada em locais de meia-sombra ou sombra, mantendo o substrato do solo úmido. 

Agora, se você é do time que gosta de cores, uma planta que floresce pode ser a melhor opção para você! 

Peperômia

A peperômia é uma outra opção para quem está iniciando o seu caminho como pai ou mãe de planta. 

O único cuidado que você precisa ter é cuidar com o excesso de água, que pode comprometer as suas raízes.

Maranta

A maranta é uma outra espécie de origem tropical. No total, existem mais de 500 espécies de maranta. Essa espécie gosta do calor, porém não do sol direto. 

Nesse caso, tanto o excesso quanto a falta de água podem fazer com que a planta morra. 

Está se mudando para o seu primeiro apartamento? 

Então confere essas Dicas para decorar o primeiro apartamento alugado (e economizar!), publicadas aqui no blog. 

Begônia

A begônia é uma espécie linda e delicada, que não gosta de entrar em contato com a chuva ou o sol direto. 

Mantê-la dentro do apartamento, nesse caso, é uma boa pedida. A orientação é molhar somente o solo, nunca a suas folhas.

Lírio da paz 

Outra opção de planta com flor é o lírio da paz.

Para que a planta mantenha-se sempre bonita, é preciso cuidar muito bem dela. 

Assim como todas as espécies mencionadas aqui, o lírio não deve entrar em contato direto com o sol. Para deixar as suas folhas bonitas, você pode borrifar água.

Flor-de-cera

A flor de cera é uma outra opção.

Se você regá-la regularmente nos meses mais quentes e mantê-la longe da luz direta, ela irá florir de forma saudável e ornar ainda mais a sua casa. 

E então, gostou de saber mais sobre as principais espécies de plantas e folhagens de sombra? De qualquer forma, sempre é bom poder contar com algumas plantinhas para alegrar o ambiente e trazer mais vida para o seu lar.

Para mais dicas sobre a manutenção e a decoração da sua casa, continue acompanhando o  blog da Terraz Aluguel Digital