Momentos preferidos dos ladrões para invadir condomínios

Assalto a condomínios é algo mais comum do que se imagina.

De acordo com o Sistema de Informações Criminais, em 2019 o número de roubos a casas e condomínios no Brasil chegou a 12 mil. Somente no Estado de São Paulo, foram mais de 7,8 mil casos. 

Ainda, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese), o setor de segurança eletrônica cresceu 13% em 2020. A procura por dispositivos inteligentes como portarias remotas também cresceu muito, cerca de 20%.

Quer saber como funciona as portarias virtuais? Confere no conteúdo que publicamos no blog da Terraz! [LINKAR CONTEÚDO SOBRE PORTARIAS VIRTUAIS]

Dessa forma, investir em equipamentos de segurança e também adotar algumas atitudes preventivas podem evitar que o pior aconteça.

Confira a seguir quais as situações que os ladrões aproveitam para assaltar um condomínio, que nós, da Terraz, reunimos.

Assim você poderá reconhecer e estar preparado!

Chegando no condomínio a pé ou de carro

É preciso prestar atenção no que está acontecendo à sua volta, para que consiga ver se há alguém próximo que pode tentar entrar no condomínio com você.

Nesse momento, qualquer pessoa é suspeita. Se você ficar inseguro ou na dúvida, não entre. Dê uma volta na quadra ou entre em contato com a portaria. O mesmo é válido se houver alguém em um carro ou moto atrás de você.

Ao abrir o portão, continue atento aos movimentos ao seu redor, para que não seja surpreendido. Se houver alguém próximo, o porteiro pode até pensar que a pessoa é seu acompanhante e deixar entrar. 

A pessoa pode ficar perto do portão e mencionar que está visitando alguém no prédio e dizer que está “aproveitando a carona” e entrar junto. Sempre desconfie! Fechar o portão não é falta de educação, e sim uma medida de segurança.

Contratação de funcionários e prestadores de serviço

Uma atitude bastante comum é contratar pessoas somente com base na indicação, sem verificar a documentação e até antecedentes criminais do profissional. 

Outro cuidado é não permitir que o profissional leve pessoas estranhas para o condomínio sem o seu consentimento.

Deixar a porta do prédio ou apartamento destrancada 

Às vezes quando estamos com as mãos ocupadas ou transportando algo para dentro do condomínio, como as compras do supermercado, deixamos a porta, seja do condomínio ou do apartamento, aberta.

Porém, essa atitude pode propiciar a situação que o ladrão precisava para entrar no condomínio ou na sua casa.

Procure deixar as portas abertas pelo mínimo tempo possível. Também não permita que ninguém entre no condomínio ou na sua casa sem a prévia identificação.

Passar informações pessoais para prestadores de serviço

Algo que pode passar despercebido, mas muito importante: evite comentar sobre a sua situação financeira na presença de pessoas com quem não tem muita intimidade.

Conversas sobre gastos, passeios ou viagens podem acabar caindo em ouvidos errados. Às vezes pode acontecer, mas, evite.

Faça lista de convidados em eventos

Se tiver um aniversário ou qualquer outra reunião com a presença de muitas pessoas, faça uma lista com o nome e o sobrenome dos seus convidados e deixe na portaria. 

Avise também as pessoas que essa é uma medida de segurança, assim você evita constrangimentos.

E então, gostou de saber sobre as dicas para os moradores para evitar assaltos no condomínio?

Os funcionários que trabalham na portaria e na administração também precisam adotar algumas regras para evitar a ocorrência de assaltos e roubos. 

Leia para orientar a equipe que trabalha no seu condomínio e manter todos seguros.

Identifique corretamente os visitantes

O porteiro sempre deve pedir o RG da pessoa que entra no condomínio e registrar em qual apartamento está indo. 

O procedimento correto é avisar o morador e somente liberar a entrada depois que este autorizar.

Entrega de encomendas deve ser feita por passa-volumes

O ideal é que o condomínio tenha um passa-volumes, para evitar que porteiro abra as portas sempre que chegar uma encomenda.

Durante mudanças, o portão deve ficar aberto somente no momento de carga e descarga

Como mencionamos anteriormente, deixar o portão aberto por longos períodos, seja por qual for o motivo, é a ocasião perfeita para a entrada de ladrões no condomínio.

Durante a movimentação de qualquer item é preciso que a porta fique aberta somente o tempo necessário para a carga e descarga.

O ideal é que não haja mais de uma mudança por dia, já que isso pode diminuir o controle da circulação de pessoas no condomínio pelos funcionários e atrapalhar o fluxo. 

Outras situações em que o portão pode ficar aberto por um período maior que o necessário é nos horários de retirada de lixo pelos funcionários ou de limpeza da calçada. 

O portão só pode ser aberto quando o funcionário entrar de forma definitiva.

Guardar chaves de apartamentos ou veículos na portaria

Esse recurso só pode ser adotado em caso de extrema necessidade. Deixar as chaves na portaria é um convite para a ação dos ladrões. 

O funcionário não deve aceitar guardar chaves de moradores, salvo em raras exceções. 

Além de todas as dicas que trouxemos neste conteúdo, é preciso também ficar atento aos disfarces usados pelos ladrões e ladrões em potencial. 

De acordo com especialistas em segurança, a novidade do momento são os ladrões que adotam o estilo dos moradores e tentam se passar por um. 

Em algum condomínio onde há uma maioria étnica, como moradores coreanos ou judeus, por exemplo, os ladrões podem exibir essas características e tentar se passar por um. 

Entre os disfarces mais usados por ladrões estão:

– Funcionário dos correios ou de alguma empresa de serviço de telefonia e internet;

– Oficial de justiça ou advogado, que deseja entregar uma intimação;

– Alguém se passa pelo morador e autoriza a entrada de um estranho pelo telefone dele, seja por ligação ou whatsapp, e não pela portaria;

– Policial que precisa resolver uma ocorrência;

– Mulher se passa por grávida e finge passar mal e pede para usar o telefone da portaria;

– Corretor de imóveis, diz que vai visitar um apartamento;

– Entregador de encomendas.

Como podemos perceber, a criatividade dos ladrões não tem fim. Por isso a nossa precaução também não pode dar trégua. É preciso ficar atento a tudo isso para evitar um assalto, roubo ou situação mais grave. 

Esperamos que as nossas dicas sejam úteis para você e os funcionários do seu condomínio! 

E se está procurando um apartamento seguro, com aluguel rápido, ágil e sem burocracia em Florianópolis ou São Paulo, conte com a Terraz Aluguel Digital