Tendência: como aplicar o minimalismo na sua decoração

Você já ouviu falar em minimalismo? Essa é uma tendência que pode ser aplicada a muitos contextos.

Da moda à decoração, passando pela própria forma de encarar a vida, o minimalismo tem a ver com abrir mão de qualquer excesso para abrir espaço – seja no sentido real ou figurado – para o que realmente importa. É possível fazer uma analogia com a expressão de que é importante viajar com uma bagagem leve, que provavelmente você já deve ter escutado. 

Porém, como a Terraz Aluguel Digital é especialista em ajudar você a deixar a sua casa do jeito que você sempre sonhou, nós vamos dar algumas dicas aqui relacionadas à decoração.

As raízes do minimalismo estão na década de 1960 e, na época, estava mais relacionado com manifestações artísticas e culturais, que questionavam uma estética mais clássica e conservadora.

Hoje em dia o minimalismo tem um forte apelo, já que após crises financeiras e dois anos de pandemia, passamos a nos questionar quanto ao que realmente é importante na nossa vida. E isso se reflete também na casa em que moramos.

Se você é fã de um visual mais moderno e elegante, que pode inclusive te ajudar a trazer mais clareza e organização, confere só essas dicas de como trazer o minimalismo para a sua casa.

Quer saber mais sobre esse estilo e como aplicar na sua casa? Confira o conteúdo que a Terraz Aluguel Digital preparou!

Como identificar o estilo minimalista?

Você sabe que uma casa tem influência minimalista quando entra em um ambiente e percebe superfícies mais retilíneas e com padrões mais simétricos.

Quanto às cores, o padrão são as paletas mais neutras, com variações que ficam entre o branco, o preto e o cinza. Porém, é possível trabalhar uma variedade maior, principalmente nos detalhes que você usa para decorar a casa.

Outro elemento que merece atenção, em qualquer estilo de decoração, é a iluminação que você vai escolher. Geralmente é usada uma iluminação de temperatura fria, acima de 6.000 K. Na decoração, as lâmpadas são classificadas com uma temperatura de cor quente, neutra ou fria, cuja medida é expressa em Kelvin. 

Entre 3.000K e 3.500K, a lâmpada emite uma luz mais amarelada, considerada quente e entre 4.000K e 4.500K e temperatura é neutra. Vale lembrar que spots de luz embutidos no gesso, no teto, combinam super bem com esse estilo.

Como aplicar o minimalismo na sua cozinha?

A maneira mais óbvia é por meio das cores. A cor branca ou tons similares, como gelo, por exemplo, seja nos móveis ou nos eletrodomésticos, irá trazer um ar mais minimalista para a sua decoração.

A cozinha é um bom espaço para inovar! Já pensou em, além de planejar a decoração dos móveis, dar uma repaginada no revestimento? Você não precisa trocar todo o revestimento do cômodo. Você pode também pintá-lo! Confira no conteúdo #Decor: passo a passo de como pintar azulejos e confira algumas dicas. 

É importante que os móveis e os equipamentos combinem entre si, para dar uma sensação de unidade. Você também pode optar por embutir algum eletrodoméstico, como o fogão, por exemplo, para não destoar das cores e materiais dos armários.

Outros detalhes que caracterizam a tendência do minimalismo são os puxadores com fechamento por meio de toque, sem nenhum elemento aparente. 

Como aplicar o minimalismo na sua sala?

Pense que, no minimalismo, menos é sempre mais. Opte por móveis com características mais sóbrias, como linhas mais retas, sem muitas firulas e também por cores que não destoam muito da pintura, por exemplo.

A principal proposta aqui é criar uma sensação de unidade no ambiente, que proporciona também mais clareza e concentração. 

Quanto aos tecidos do sofá ou poltronas, por exemplo, escolha uma textura mais lisa: quanto menos detalhes, melhor. A iluminação mais fria também ajuda a compor essa atmosfera minimalista na sua sala. 

Está precisando de boas ideias para dar uma renovada na sua casa? Que tal investir em um móvel elegante e funcional, como o aparador? Saiba tudo no conteúdo Como usar um aparador com elegância na decoração da sua casa, no conteúdo publicado aqui no blog da Terraz.

Quais materiais posso usar em uma decoração minimalista?

Alguns materiais são os preferidos, por se tratar de materiais que têm alguma relação com a natureza e com a simplicidade. A madeira, o couro, o papel e o cobre são bons exemplos de materiais usados para compor esse estilo. 

O vidro e o aço são outros exemplos de materiais usados tanto em móveis quanto em objetos de decoração.

Já quanto aos tecidos, usados em móveis ou em peças como cortinas e tapetes, investir em tecidos naturais como o algodão, linho ou tricoline, por exemplo, são uma boa alternativa. 

Além de possuírem uma estética mais limpa, também são bastante duráveis – e não vai ser necessário trocá-los com tanta frequência. Uma outra vantagem da estética minimalista.

Invista em espaços vazios

Não é só porque você percebeu que um espaço está vazio que você precisa preenchê-lo com algum móvel ou objeto, rapidamente. 

Quando você deixa algum espaço vago no ambiente, você dá um respiro. Além de dar uma sensação de amplitude, os espaços vazios também trazem uma sensação de tranquilidade para a mente.

Outra opção é deixar as paredes e as estantes com espaços mais livres, sem objetos, o que ajuda a criar essa sensação de tranquilidade. 

E então, já está sabendo de tudo sobre a decoração minimalista? Esperamos que você tenha curtido muito o nosso conteúdo e já saiba como decorar a sua nova casa. Se ainda não encontrou o seu novo lar, conte com a equipe da Terraz! Nossos consultores estão aqui para ajudar você a encontrar uma casa do jeito que você sempre imaginou. 

Imóveis para você alugar no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina ou em São Paulo. Acesse o site e comece sua busca hoje mesmo.