Tudo que você precisa saber sobre a análise de crédito na hora de alugar um imóvel

Você sabe como funciona a análise de crédito ou análise de CPF no aluguel de imóveis?

Essa é uma das formas de garantia locatícia mais comuns hoje em dia, além do seguro fiança ou do fiador, por exemplo. O que é ótimo porque essa modalidade reduz e muito a burocracia na hora de alugar um imóvel. 

Em linhas gerais, a análise de crédito é feita pela imobiliária que administra o imóvel que você quer alugar, com o apoio de uma empresa terceira (na Terraz trabalhamos com a CredPago), que faz uma avaliação do seu perfil para saber se você tem condições de assumir a mensalidade do aluguel.

Ainda, com a análise de crédito, você pode efetuar o pagamento de todas as mensalidades por meio do seu cartão de crédito. Fácil, não? 

Além disso, esse processo exclui a necessidade de outra forma de garantia locatícia, como precisar de um fiador (confirmar essa info com o cliente!) que garanta o pagamento em caso de inadimplência. 

Para fins de comparação, o processo funciona da mesma forma quando você deseja fazer o cartão em uma loja ou aumentar o limite do seu cartão de crédito junto a uma instituição financeira.

Entre os itens avaliados na análise de crédito estão o seu histórico de pagador, para entender melhor o seu perfil, se há alguma dívida no seu nome e qual a sua capacidade financeira

Dessa forma, a imobiliária e o proprietário do imóvel têm uma garantia de que o aluguel será pago na data prevista nos próximos meses e ninguém sairá no prejuízo.

E então, quer entender melhor como funciona essa modalidade de garantia locatícia? Nos acompanhe!

Qual a documentação e informações necessárias para a análise de crédito?

Em primeiro lugar, a imobiliária irá solicitar para você algumas informações básicas de identificação:

  • Nome;
  • CPF
  • RG;
  • Data e local de nascimento;
  • Nome do pai e da mãe. 

Dependendo da imobiliária, podem ser pedidas também informações de contato como endereço e telefone, além de profissão, qual a sua renda, se há algum bem registrado no seu nome e também dados do cônjuge, se você for casada ou casado. 

Além disso, a equipe pode perguntar quais são as formas de pagamento que você costuma usar, além de comprovante de renda e de residência.

Normalmente, a parcela do aluguel deve estar entre 20% e 30% da renda do locatário. Dependendo da situação, você pode contar com uma outra pessoa para complementar a renda necessária para alugar o imóvel. 

Na Terraz, não é obrigatório que a pessoa com quem você vai compor renda more com você ou tenha algum grau de parentesco. Porém, a composição de renda só é válida se você optar pela garantia com fiador. (encontrei essa info da última frase no conteúdo que está linkado a seguir. Sugiro confirmar com o cliente!)

Outro requisito é que o valor do aluguel deve comprometer somente até 15% da renda bruta dessa pessoa que será incluída no contrato

Para saber mais sobre o assunto, confira o conteúdo Como funciona a composição de renda do aluguel?, publicado aqui no  blog.  

Quais os pré-requisitos para que eu seja aprovado na análise de crédito?

Depois da análise da documentação, a imobiliária fará uma análise do seu score de crédito, ou seja, se você tem o perfil de bom pagador.

As imobiliárias fazem essa análise consultando dados de órgãos de proteção ao crédito, como o Serasa Experian ou o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito)

É possível fazer essa avaliação também junto ao Banco Central, que reúne os registros de crédito de todos os clientes brasileiros cujo risco na instituição financeira é igual ou superior a R$ 200 (ou seja, quem está devendo R$ 200 ou mais junto a algum banco). 

Se houver alguma dívida pendente ou retorno de cheques sem fundo, por exemplo, é possível consultar no site do Banco Central. 

Para saber qual o seu score junto ao Serasa, você pode acessar o site da instituição

Do ponto de vista jurídico, não há nenhum impeditivo para que pessoas com dívidas aluguem um imóvel, isso depende muito dos critérios de avaliação de cada imobiliária. 

Outra coisa avaliada no momento da análise de crédito é se você fez a declaração de imposto de renda no último ano ou se está com o CPF cancelado por decisão administrativa ou judicial.

Toda essa análise poderá incluir também a avaliação do seu histórico de pagamento em outras situações em que conseguiu crédito na praça. Por exemplo, se você não quitou algum empréstimo, por exemplo, isso pode ser um ponto a menos na sua avaliação.

Quanto tempo demora para sair a análise de crédito?

Depois que você escolheu qual o seu imóvel preferido e optou pela análise de crédito como forma de garantia, agora é o momento de enviar a documentação que já listamos acima.

Na Terraz Aluguel Digital, você pode encaminhar toda a documentação via e-mail (confirmar isso com o cliente!), sem a necessidade de comparecer de forma presencial na imobiliária.

Com a documentação em mãos e inseridos os dados do cliente, realizamos a análise de crédito na plataforma do Credpago em somente 15 minutos

O cartão de crédito que você vai usar para pagar as mensalidades do aluguel deve ter um limite superior a quatro vezes o valor do aluguel e você deve enviar o comprovante de pagamento da última fatura. Você pode fazer o parcelamento de todas as taxas do aluguel como IPTU e seguro contra incêndio, por exemplo, em até 12 vezes. 

Depois de acertado o pagamento, o locatário tem até cinco dias para assinar o contrato. Assim que o documento é entregue na imobiliária, você já poderá pegar as chaves!  (Peguei todas essas informações do texto de referência que fala da CredPago. Confirmar se na Terraz é assim também, visto que eles usam o CredPago.)

Se minha análise for reprovada, consigo saber o motivo? (perguntar isso para o cliente). 

Esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você que está pensando em alugar um imóvel e optar pela análise de crédito como forma de garantia. 

Alugue com a Terraz Aluguel Digital em Florianópolis ou São Paulo de forma rápida, ágil e sem burocracia.